O sermão da montanha

11 set
0 comment

Olá amiguinhos!

Setembro é o mês da bíblia, por isso vamos falar muito sobre o Livro Sagrado na Revista Devotos Mirins e aqui no site.

Hoje vamos falar sobre o Sermão da Montanha.

 

“Felizes os de coração puro, porque verão a Deus.” (Mateus 5:8)

 

Naquele tempo, alguns líderes religiosos não queriam ouvir os ensinamentos que Jesus tinha sobre Deus. 🙏

Eles já tinham suas próprias ideias sobre Deus e como seguir os 10 mandamentos, além de criar várias outras regras rigorosas. 🚫

 

Jesus ensinou ao povo que, a maneira como pensamos ou agimos é mais importante do que como nos vestimos ou que tipo de comida nós comemos. 😉

Os líderes religiosos então ficaram muito bravos, e proibiram Jesus de frequentar as sinagogas, que são como as igrejas dos judeus. ⛪

 

Então Jesus passou a passar seus ensinamentos ao povo ao ar livre. Então ele disse do alto de uma montanha: 🗻

“Felizes os pobres em espírito, porque é deles o Reino dos Céus. Felizes os que choram, porque Deus os consolará. Felizes os não violentos, porque receberão a terra como herança. Felizes os que têm fome e sede de justiça, porque Deus os saciará. Felizes os misericordiosos, porque conseguirão misericórdia. Felizes os de coração puro, porque verão a Deus. Felizes os que promovem a paz, porque Deus os terá como filhos. Felizes os que são perseguidos por agirem retamente, porque deles é o Reino dos Céus. Felizes sereis vós, quando os outros vos insultarem e perseguirem, e disserem contra vós toda espécie de calúnias por causa de mim. Alegrai-vos e exultai porque recebereis uma grande recompensa no céu. Pois foi assim que eles perseguiram os profetas que vos precederam!” (Mateus 5:3-12)

 

Jesus nos ensina nessa passagem bíblica que a pessoa que é feliz de verdade sabe o quanto precisa do amor e do perdão de Deus. A felicidade vem como somos bons e pacientes com os outros, acabamos com as brigas e semeamos a paz. 🕊️

Gostou de aprender sobre o Sermão da Montanha? Conheça outras passagens bíblicas, clique aqui. 

Abraços,

Tijolinho

Comente!