A Importância do Emocional e do Espiritual na Educação

31 maio
1 comment

Raquel de Godoy Retz Pompeo

 

Ninguém nega a importância da educação intelectual, mas muitas vezes superestimamos esse aspecto em detrimento de outros. Nossa era é a era do conhecimento. Tudo conflui para valorizar a inteligência, que no geral é muito estimulada e desenvolvida, principalmente, na escola. Por isso, ouvimos alguns pais falarem que: se meu filho é bom aluno e traz para casa um boletim recheado de notas boas, não tenho mais o que exigir dele.

 

Para alguns pais bastam boas notas e deixam de observar se a criança se demonstra de fato feliz; se fica todo o seu tempo livre no celular ou no computador, se não tem amigos, não se relaciona com ninguém, não faz exercícios físicos, enfim é uma criança sozinha, isolada, que desconhece outras faces da vida.

Isso significa um descuido lamentável da educação emocional e espiritual. Vivemos mais de emoções do que de raciocínios.

Os próprios pais e educadores devem saber manifestar amor e carinho. A sensibilidade se cultiva, não é um dom gratuito. A educação emocional passa, necessariamente, por uma infância em que a criança aprende a amar sendo amada.

 

Dizia Dom Bosco, um grande educador italiano do século XIX, que não basta amar o jovem, é preciso mostrar que se ama. E não se mostra que se ama sem gestos de amor. Há pais que simplesmente têm vergonha de beijar o filho, dialogar com ele sobre seu dia a dia, enfim foram muitas vezes criados por pais rígidos, para os quais o carinho era sinal de fraqueza.

 

Quanto ao aspecto espiritual, precisamos de bagagem para enfrentar os obstáculos e tristezas próprios da existência.

O desenvolvimento da espiritualidade, da fé, da certeza do amor de Deus traz à pessoa uma nova forma de enfrentar as dificuldades, o sofrimento, a dor, o amor, os nossos limites. Descuidar dessa educação é nunca se construir como ser humano completo e forte para a vida cotidiana.

 

Dentre os aspectos fundamentais que os pais devem focalizar está o ambiente. Ninguém existe no ar. Somos seres geográficos, situados. Consequentemente, devo construir o ambiente para meus filhos e observar como eles se sentem nele. Como é sua casa? Tem paz? Vocês conversam? Vocês se divertem juntos? Vocês pedem desculpas quando erram?

Não se esquecer da saúde também marca a totalidade da educação. Alimentação saudável e atividades físicas fazem parte deste pacote educativo.

 

Enfim, é importante o desenvolvimento intelectual, sim, mas também a alegria, a forma de lidar com a tristeza, o modo de pensar, as atitudes diante da vida, a fé e a vida de oração, tudo em conjunto é que dará a chave de que precisamos para abrir a porta da felicidade que tanto desejamos.

 

 

Qual assunto você gostaria de esclarecer a respeito da educação de seus filhos? Escreva para nós devotosmirins@santuarionacional.com ou deixe seu comentário aqui em baixo 👇

 

1 Comentários

  1. Allyne Ferreira de Paula
    2 meses atrás

    parabéns! nossas crianças são educadas completamente

    Comente!